Novelas: América


América é uma telenovela brasileira produzida pela Rede Globo e exibida de 14 de março a 5 de novembro de 2005 às 21 horas. Foi escrita por Glória Perez e dirigida por Jayme Monjardim, Marcos Schechtman, Marcelo Travesso, Teresa Lampreia, Federico Bonani e Carlo Milani com direção geral de Jayme Monjardim e Marcos Schechtman com direção de núcleo de Jayme, num total de 203 capítulos.

Deborah Secco, Murilo Benício, Caco Ciocler, Gabriela Duarte, Camila Morgado, Eliane Giardini, Murilo Rosa, Cléo Pires, Christiane Torloni, Mariana Ximenes, Edson Celulari e Thiago Lacerda interpretam os papéis principais

Sinopse

A novela conta a história de Sol, uma garota do subúrbio carioca, que atraída pelas promessas do sonho americano, investe na tentativa de emigrar para os Estados Unidos da América onde, acredita, há de ter as oportunidades de crescimento que não encontrou em seu país.

Depois de ter por diversas vezes o visto de turista negado, ela apela para os coyotes, e decide entrar no país de maneira ilegal, através do México. É nessa ocasião que ela, aceitando levar o que lhe parece um inocente presente para a mãe de um dos organizadores da travessia, acaba sendo presa pela polícia americana: além de ilegal, estava portando drogas, por causa de Alex, um perigoso contrabandista que ilude Sol prometendo ajudá-la a chegar no território americano, e assim é mandada para a cadeia por causa de Alex, e acaba fugindo da cadeia. Alex é um homem inescrupuloso que finge ser responsável e moral, contando com a ajuda da perigosa Djanira Pimenta para as conclusões de seus crimes. Sol consegue fugir da cadeia e em meio á isso, conhece Ed, noivo de May, que mais tarde aceitará casar-se com ela, para que ganhe o visto de permanencia, mediante pagamento de uma quantia que lhe permitirá pagar a ediçao de seu livro. Sol vai pros EUA andando pelo deserto, vai também de barco pelos oceanos, vai escondida num ar-condicionado dentro de um carro, tudo para ter e dar uma vida melhor para a família.

May, porém é uma mulher venenosa e perversa, que usa sua inteligência e sagacidade para separar Sol de Ed com a ajuda de Alex e Djanira, consegue ir ao Brasil em busca de recuperar seu noivado e nessa busca, acaba se apaixonando pelo peão Tião, grande amor de Sol. Tião é um peão responsável filho de Zé Higino e Mazé, vem crescendo no mundo do rodeio, e caminha para o maior de todos os desafios: enfrentrar Bandido, o touro invencível, que nenhum peão jamais tinha conseguido montar. Após indas e vindas com Tião, Sol acaba se casando com Ed mas separando-se dele e voltando grávida do americano para o Brasil. Todavia, ela não sabia que teria que voltar para os EUA, pois seu filho nasce aqui com a ajuda de Tião, com problemas cardíacos e é melhor o bebê se tratar lá. Depois que a criança nasce, ela o entrega para Ed, e depois do bebê ser operado e curado, Ed vem morar no Brasil com o filho e Sol. Tião acaba se separando de May, quando descobre as farsas da vilã, e casa-se com Simone, uma veterinária responsável que era casada com Geninho, seu irmão. Geninho é um homem mau-caracter que traia a mulher principalmente com Creusa, apesar de ser apaixonado por Sol, seu relacionamento com ela nunca deu certo.

Mostrou o universo dos deficientes visuais e um romance gay que acabou em polêmica, quando por decisão da emissora, não foi ao ar, no último capítulo, o que seria o primeiro beijo gay da história das novelas das oito. Também mostrou Creuza, uma mulher totalmente sensual e ninfomaníaca vestida de crente, que enganou a todos, falando que era virgem e serva de Deus. Ela foi para a cama com quase todos os homens da novela, inclusive ia sempre com Tião no meio das palhas e dos matagais.

Outro núcleo importante apresenta o casal Haydée, uma socialite elegante, e Glauco, um arquiteto fingido, como um casal respeitado na sociedade carioca, que porém sofrem com um casamento conturbado, que é sempre mais complicado com a filha do casal, a rebelde Raíssa, que despreza a riqueza dos pais, a doença de Haydée, que descobre sofrer de cleptomania e Glauco, que revertido com as situações da família, acaba se envolvendo com a ninfeta Lurdinha. Outro grande encalque da trama é o casal Dinho e Neuta. Ele é um peão honesto e humilde grande amigo de Tião, que se encanta pela viúva Neuta, uma mulher simples e guardada que sofre com a viuvez do marido e se apaixona por Dinho. No final, os dois resolvem assumir o romance. Outra grande trama paralela é o empresário Laerte Villa-Nova e a designer Irene Villa Nova, que vivem um casamento as beiras e ainda enfrentam a homossexualidade do filho Júnior, que se envolve com o peão da fazenda, Zeca.

Fim

Tião quase morre ao enfrentar o boi Bandido, mas acaba voltando a realidade, enriquece e Simone engravida dele. O vilão Alex é punido no fim: Ele cai numa cilada e termina preso, junto á Djanira. May acaba sendo presa por calúnia de Sol; Dinho e Neuta assumem o romance, e Júnior e Zeca acabam juntos. Na última cena, Sol e Tião se reencontram e decidem ser apenas amigos.

Audiência 

Estreia: Estreou com uma média de 54 pontos, excelente para o horário.
Último capítulo: O último capítulo rendeu 66 pontos de média e picos de 70.
Média Geral: Teve média geral de 49,4 pontos, muito alta para o horário que exige média mínima de 45 pontos, e, assim, conseguiu o 2º lugar nas audiências da década de 2000, sendo superada apenas por Senhora do Destino, de Aguinaldo Silva.

Repercussão

Prêmios

A autora Glória Perez recebeu inúmeros prêmios de entidades ligadas à deficiência física e foi homenageada em muitos estados do país pela campanha em prol dos deficientes.


Prêmio Contigo! 2006
Melhor Ator Coadjuvante - Bruno Gagliasso
Atriz Revelação - Cléo Pires
Ator Revelação - Aílton Graça
Melhor Par Romântico - Dinho e Neuta (Murilo Rosa e Eliane Giardini)

Prêmio Arte Qualidade Brasil RJ
Melhor Ator Coadjuvante - Francisco Cuoco
Ator Revelação - Aílton Graça

Prêmio Arte Qualidade Brasil SP
Melhor Ator Coadjuvante - Matheus Nachtergaele
Melhor Atriz Coadjuvante - Eliane Giardini
Ator Revelação - Aílton Graça
Atriz Revelação - Cléo Pires

Melhores do Ano - Domingão do Faustão
Melhor Atriz - Christiane Torloni
Melhor Ator - Caco Ciocler
Melhor Ator Coadjuvante - Matheus Nachtergaele
Melhor Atriz Revelação - Cléo Pires
Melhor Ator Revelação - Aílton Graça
Melhor Atriz Mirim - Bruna Marquezine
Melhor Ator Mirim - Mussunzinho

Troféu Super Cap de Ouro
Totia Meireles
Rodrigo Faro

Nenhum comentário

Encontrou algum erro na postagem acima? Comunique-nos deixando um comentário. A equipe do Porta E7 agradece.

Tecnologia do Blogger.