Novelas: Bicho do Mato


Bicho do Mato é uma telenovela brasileira produzida pela Rede Record e exibida originalmente entre 18 de julho de 2006 e 20 de março de 2007. Foi a 5ª telenovela transmitida pela emissora desde que a produção de obras de teledramaturgia foi retomada em 2004, e, embora inicialmente exibida como "novela das sete", tornou-se no decorrer de sua exibição a "novela das oito".

Escrita por Bosco Brasil e Cristianne Fridman, Bicho do Mato é uma regravação da telenovela homônima de 1972 e foi dirigida por Edson Spinello. André Bankoff, Renata Dominguez, Miriam Freeland, Jonas Bloch, Marcos Mion, Amandha Lee, Adriana Garambone e Bia Seidl interpretam os papéis principais.

Sinopse

Conta a história do jovem Lucas (Juba), criado desde pequeno pelo pai, Fernando, na Fazenda Boa Esperança, localizada no Pantanal, junto à natureza e a aldeia indígena dos "Guaporá".

No Rio de Janeiro, vive a mãe de Juba, Laura, que se separou de Fernando graças a uma armação do seu atual marido, o cruel Ramalho Rodrigues, o vilão da história, um poderoso e ganancioso empresário que tenta usurpar as terras de Juba e dos índios para a exploração de uma mina de diamantes. Laura e Ramalho são pais de Tavinho, um jovem rebelde que se apaixona por Betinha, uma moça pobre, filha de Túlio (motorista de Ramalho) com Dona Wanda, servente na faculdade em que a filha estuda. Betinha é ambiciosa e mente sobre sua posição social, seduzindo Tavinho sem que ele saiba quem ela realmente é.

Tavinho é amigo de Emílio, herdeiro do casal Alzira e Alfredo e primo de Juba. Emílio é a paixão de Ruth, a outra vilã da história. Emílio é o namorado de Cecília, uma jovem médica em conflito com a avó, a nefasta Bárbara.

Juba é obrigado a ir para a cidade grande, vingar o assassinato de seu pai, cujos responsáveis são os interessados na exploração de suas terras e nas da tribo indígena que vive perto. Lá, acompanhado de seu amigo índio Iru, Juba enfrentará o mundo de novidades que se abre à sua frente, grandes desafios e encontrará seu grande amor, Cecília, entrando em conflito com Emílio e despedaçando o coração da jovem índia Tiniá, apaixonada por ele.

Curiosidades

- A novela teve locações em Mato Grosso, percorreu a cidade de Nobres, Chapada dos Guimarães, Poconé (Pantanal) e Cáceres. A maioria das locações estava situada nos arredores da rodovia Transpantaneira, a principal da região. Foram muitos os problemas com insetos e animais que atormentaram elenco e produção nas gravações.
- Mais de cem pessoas fizeram parte da equipe que viajou para o Pantanal para gravar as primeiras cenas da novela Bicho do Mato. Os profissionais embarcaram literalmente na aventura de gravar diante de paisagens tão exuberantes quanto a do Pantanal Mato-grossense. Para uma gravação, realizada no Ronco do Bugio, no km 32 da Transpantaneira, a equipe contou com 200 figurantes, um avião bimotor e toda estrutura de uma típica festa pantaneira.
-  A novela estreou com 20 capítulos gravados, contando com 50 atores no elenco. Cada capítulo foi orçado em 150 mil reais e três cotas de patrocínio, 50 mil a menos do que uma novela da globo.
- Em Volta Redonda, no sul do Rio de Janeiro, a Record construiu uma fazenda cenográfica que fazia parte da trama, nela eram gravadas as cenas do núcleo rural. A tribo fictícia dos Guaporás foi erguida no mesmo local.
- A PUC do Rio de Janeiro serviu de locação fixa para a novela, onde se passava uma boa parte da novela logo em seus capítulos iniciais.

Audiência

A estreia de Bicho do Mato obteve índices de 15 pontos no Ibope. No dia 18 de Julho de 2006 a novela teve seu maior pico, foram 16 pontos de média e pico de 22 no Ibope.

No dia 6 de Março de 2007 a novela marcou 17 pontos de média e pico de 20 no Ibope. O último capítulo exibido no dia 20 de Março de 2007, marcou 18 pontos de média de pico. Ficando na vice-liderança.

Créditos: Wikipedia

Nenhum comentário

Encontrou algum erro na postagem acima? Comunique-nos deixando um comentário. A equipe do Porta E7 agradece.

Tecnologia do Blogger.