Por que os padres não se casam?

A decisão foi tomada pela Igreja Católica no longínquo século 5, durante um encontro de sacerdotes. “Nesse conselho, foi decidido que os padres deveriam ser celibatários, para melhor cuidar das coisas da Igreja”, afirma o padre Reginaldo Lima, assessor da Comissão Episcopal para os Ministérios Ordenados e a Vida Consagrada, da CNBB (Conferência Nacional dos Bispos do Brasil). Mas também foi uma manobra para impedir que os padres, que até então podiam se casar, deixassem herdeiros e dilapidassem o patrimônio da Igreja Católica — que estava cada dia mais rica e poderosa desde que o imperador Constantino se converteu ao catolicismo, no ano 312.

Revista Galileu

Nenhum comentário

Encontrou algum erro na postagem acima? Comunique-nos deixando um comentário. A equipe do Porta E7 agradece.

Tecnologia do Blogger.