Viva a Noite


Viva a Noite foi um programa de auditório apresentado por Gugu no SBT durante a maior parte dos anos 80 e início dos anos 90.

Em 1982 Silvio Santos pediu que Nelly Raymond, uma importante diretora argentina, criasse um programa para os sábados à noite. e por isso que em 9 de novembro de 1982 surgiu o Viva a Noite.

Viva a Noite surgiu da idéia de fazer um programa de sábado à noite, que seria uma mistura de Saturday Night Fever, com os mexicanos Sabado Fiebre e Hoy Quem Dança es Usted. No início o programa era dividido em várias partes e apresentando também por nomes como Ademar Dutra, Paulo Lopes, Paulo Barbosa e Jair de Ogum. Depois de algumas mudanças de formato Gugu permaneceu sozinho no comando do programa, posteriormente dirigido por Homero Salles e por Roberto Manzoni, O (Magrão).


Com quadros como Sonho Maluco, Rambo Brasileiro e Dança dos Passarinhos, o programa se tornou um grande sucesso e deu fama a seu apresentador. Com Viva a Noite, o SBT conquistou a liderança de audiência nas noites de sábado, na maior parte do tempo enfrentando o Supercine e o Perdidos na Noite, o programa saiu do ar no dia 4 de Janeiro de 1992 quando foi substituido pelo programa Comando da Madrugada. O modelo original do Viva a Noite foi reaproveitado no Domingo Legal.


Em 2007, o Viva a Noite reestreou, totalmente reformulado e apresentado por Gilmelândia, com reportagem de Supla e Bruno Chateaubriand.

O programa foi retirado em agosto da grade da emissora pela baixa audiência, numa tentativa de reavivar a audiência o programa foi colocado num horário a tarde: 17hs30min. O antigo horário foi ocupado pelo Quem Perde Ganha.

Mas a mudança não surtiu efeito e, em 5 de janeiro de 2008, foi exibido o último programa, caracterizando a sua extinção.



Nenhum comentário

Encontrou algum erro na postagem acima? Comunique-nos deixando um comentário. A equipe do Porta E7 agradece.

Tecnologia do Blogger.