Top 10 fatos curiosos da série GTA


A série Grand Theft Auto, que teve início em 1997, fez um barulho estrondoso na indústria. Não é a toa que muitos desenvolvedores enxergam GTA III, o primeiro jogo em 3D da franquia, como um verdadeiro divisor de águas, um título que marcou para sempre a indústria. Nas palavras de Yoshinori Ono, produtor da Capcom, o jogo não só foi um pioneiro na narração, como "representou uma reviravolta nos jogos como uma mídia para adultos".

E não é para pouco. Entre muitas e muitas (e muitas, mesmo) controvérsias, GTA se estabeleceu como uma série que os pais adoram olhar feio e os jornais sempre utilizam de argumento na hora de falar sobre jogos que propagam violência. Esse fato ficou cada vez mais notável, principalmente após o lançamento de GTA: San Andreas, título da era GTA III que melhorou diversos aspectos da série, além de ser o jogo mais vendido da franquia, com  27 milhões de cópias vendidas. Entre as novidades estavam a personalização do protagonista e outros elementos prontos para o sucesso instantâneo do título.

Em 2013, a quinta interação da franquia chegará aos consoles de alta definição.Enquanto isso confira 10 fatos curiosos de uma das maiores franquias de jogos de todos os tempos:

10. A história de GTA 2 introduz o primeiro enredo futurista do game, já que alguns dados da polícia do game indicam datas de 7 de julho de 2013 e 10 de julho de 2013. As armas do título são futuristas, mas alguns dos carros foram lançados na década de 30 e os mais novos são de 1999, época em que o jogo foi lançado. O período é mais ou menos o mesmo do lançamento de GTA V.

9. O protagonista Carl Johnson, de San Andreas, foi o primeiro a poder ser personalizado de diversas maneiras, com roupas, tatuagens e acessórios, além de poder ir para academia, engordar, ficar mais forte, nadar e sair em encontros com garotas.

8. As prostitutas, elemento introduzido na série em GTA III, podem dar uma mãozinha na recuperação de saúde do protagonista do jogo desde que estrearam na franquia. Mas não foi sempre assim: em Chinatown Wars, no Nintendo DS, uma gangue de garotas de programas armadas bate de frente com Huang, protagonista do título, acusando o moço de 'pagar pelos serviços e matar as prostitutas depois', em uma referência cômica a grande controvérsia da série em relação ao pagamento das moças.

7. Chinatown Wars foi o primeiro GTA a ser lançado no Nintendo DS, mas a plataforma da Nintendo já havia sido casa de jogos da franquia, quando GTA 1 e 2 foram lançados no Game Boy Color. O título serviu como a estreia do sistema de tráfico de drogas, em que os jogadores precisavam comprar diversas substâncias e revendê-las para as gangues do jogo.

6. Nos títulos atuais os jogadores utilizam diversos métodos para salvar o progresso do jogo, mas, em GTA 2, as safehouses, introduzidas em GTA III, ainda não existiam. Os jogadores precisavam entrar em uma 'igreja evangélica' chamada Jesus Saves. Na versão para PC, após salvar o jogo (processo que custava US$50,000 na monetização do jogo), um padre soltava a frase 'Aleluia! Outra alma salva!'.

5. O primeiro GTA a não ser localizado nos Estados Unidos foram as expansões GTA London 1969 e GTA London 1961, baseadas na primeira versão do título. O pacote conta com elementos da cultura do país, como um personagem semelhante a James Bond. Os jogos não ganharam muita publicidade da Rockstar e são conhecidos mais por propaganda boca a boca entre os fãs.

4. O multiplayer é uma constante da franquia. Desde o primeiro título os jogadores já podiam se enfrentar em modos mata-a-mata e corridas a checkpoints, por um sistema simples de LAN. O primeiro jogo da franquia a não possuir funcionalidades online foi GTA III. A estreia dos modos cooperativos ocorreu em GTA San Andreas, mas a modalidade nunca mais retornou a série.

3. Os palavrões explícitos e pornográficos, típicos da série, estrearam em San Andreas. Durante o jogo, a palavra 'Fuck' é pronunciada 365 vezes e essa contagem exclui quando ela aparece durante a trilha sonora ou encontros aleatórios com NPCs.

2. No meio de junho de 2005, um arquivo chamado Hot Coffe foi lançado para modificar San Andreas. Após a instação, os usuários podem entrar na casa das namoradas encontradas pelo jogo e participar de sessões sexuais, renderizadas com os personagens totalmente vestidos. A mecânica foi retirada do título antes de seu lançamento, mas não foi removida totalmente, o que causou controvérsias na recepção do jogo.

1. A origem de Grand Theft Auto foi resultado de um glitch do game Race 'n Chase, uma das primeiras obras da Rockstar, que, na época, ainda chamava DMA Designs. O bug fazia com que o policial tentasse atirar o carro dos jogadores para fora da estrada, no lugar de apenas parar no acostamento. O bug fez sucesso com os testers e o título foi refeito para focar neste comportamento.


Fonte

Um comentário:

  1. eu sempre gostei do GTA..um game muito bom pra relaxar

    ResponderExcluir

Encontrou algum erro na postagem acima? Comunique-nos deixando um comentário. A equipe do Porta E7 agradece.

Tecnologia do Blogger.