Planeta cor-de-rosa é descoberto por astrônomos


Uma esquipe de astrônomos no Havaí detectou por meio do Telescópio Subaru, no Havaí, um planeta gigante em órbita da estrela GJ 504. Denominado GP 504b o planeta apresenta a coloração cor-de-rosa, como você pode ver na ilustração acima, liberada pela NASA com base nos dados infravermelhos obtidos pelo telescópio.

O planeta é quatro vezes maior que Júpiter e tem uma temperatura de 237 º C. Ele orbita uma estrela um pouco mais quente que o Sol, que pode ser vista a olho nu, e está localizada na constelação de Virgem. Os pesquisadores estimaram que esse sistema (estrela + planeta) tenha uma idade de 160 milhões de anos, tornando-o jovem em comparação ao Sistema Solar que estima-se que possua 4,5 bilhões de anos. O planeta está a 57 anos-luz da Terra. Sua coloração rosada pode ser explicada devido ao alto brilho infravermelho, características de planetas jovens.

"Se pudéssemos viajar até esse planeta gigante, veríamos um mundo ainda brilhando com o calor de sua formação, com uma cor similar ao magenta", afirmou Michael McElwain, do Centro Goddard em Greenbelt, da NASA, em um comunicado da agência espacial. "Nossa câmera de infravermelho próximo revela que a cor dele é mais azul do que a de outros planetas detectados com imageamento, o que pode indicar que sua atmosfera tem menos nuvens."

“Este é um dos planetas mais difíceis de explicar segundo a teoria tradicional. Sua descoberta implica a necessidade de considerar seriamente teorias alternativas de formação, ou talvez rever alguns conceitos básicos na teoria atual”, disse Markus Janson, integrante da equipe de pesquisadores.

Nenhum comentário

Encontrou algum erro na postagem acima? Comunique-nos deixando um comentário. A equipe do Porta E7 agradece.

Tecnologia do Blogger.