Perfil: Bia Falcão (Belíssima)

Bia Falcão é uma mulher de brio, não aceita ser contrariada. É irascível e impaciente, principalmente quando não é obedecida cegamente por todos ao seu redor. Além de tudo, é uma mulher muito esperta, capaz de pensar nos mínimos detalhes de suas ações.

Como todo ser humano, ela tem um ponto fraco: no passado, foi apaixonada por um homem pobre, Murat (com quem teve um bebê, que foi abandonado por Bia), porém, ele preferiu continuar com sua esposa, Katina, ao invés de se render aos milhões da empresária. Bia nunca conseguiu superar essa rejeição, o que acaba explicando muitas de suas atitudes atrozes.

Matriarca da família Assumpção, passa a criar seus netos Júlia e Pedro após a morte de sua filha Stella (fundadora da empresa Belíssima) e do seu genro. Sua elegância e firmeza nos negócios permitiram que administrasse a empresa Belíssima até que Júlia estivesse pronta para assumir a presidência.

Bia educou os netos para serem modelos de beleza e sucesso na sociedade, porém nunca soube dosar sua intolerância. Mesmo após tornarem-se adultos, Bia sempre quis controlar a vida de cada um deles. Sendo contra a  união de Pedro com a menina de rua Vitória, criou-se um distanciamento entre ela e o neto, que acabou indo morar na Grécia com sua noiva, onde tiveram uma filha. A neta Júlia também sofreu em suas mãos; dizendo ama-la, Bia acaba armando um plano para que ela se aproximasse de André: a ideia era tirar tudo da neta deixando-a na miséria. 

Com a morte do marido na Grécia, Vitória retorna ao Brasil com sua filha Sabina, seu irmão caçula e o grego Nikos. Bia acaba criando um lanço muito forte com a sua bisneta Sabrina, dando a ela muitos presentes. Bia fará de tudo para conseguir a guarda da bisneta.

No meio da trama, Bia arma um acidente de carro, onde é dada morta por todos. A ideia deu certo, e quando Bia reaparece todos ficam surpresos e encabulados. Durante o tempo em que esteve "desaparecida", Bia estava na Suíça, de onde monitorava tudo.

O plano de Bia com André deu certo, e ela consegue passar toda a fortuna de Júlia para o seu nome. No decorrer da história, Bia tentou matar Vitória quatro vezes, porém todas elas dão erradas, sendo que a última (quando Bia atira em Vitória, mas André entra na frente e leva o tiro) é o estopim para a polícia ir atrás da vilã.

Enquanto sobreviveu no hospital, André revela para Júlia quem é a vilã por trás de todos os acontecimentos da trama Belíssima. Na delegacia, Vitória descobre que é a filha de Bia Falcão (um dos maiores mistérios que cercou a novela).

Após atirar em André, Bia foge para Campos do Jordão. O delegado e Vitória vão até la. Vitória conta para Bia que ela é o bebê que a vilã abandonou; muito fria, Bia responde: "Eu não quis você quando você nasceu e não quero você agora, eu não quero você nunca na minha vida". Em seguida Vitória fala na cara de Bia "Eu venci você!". Bia sente-se mal e pede para ir ao toalete.

Como dito no começo deste artigo, uma das grandes qualidades de Bia Falcão é a sua esperteza. Enquanto Bia estava no toalete, um carro sai em alta velocidade da mansão, e os policiais vão atrás para finalmente pegar a vilã. Até ai tuco certo?! Não, acontece que não era Bia quem dirigia o carro!! Enquanto todos preocuparam-se com o carro, Bia Falcão entra no seu jatinho e embarca rumo a Paris. Na janela do avião, a vilã ri, mas ri muito mesmo, ela mais uma vez consegui enganar todos.

A vilã termina bem junto de Mateus na capital francesa. Ao menos Júlia conseguiu os seus bens de volta.

Nenhum comentário

Encontrou algum erro na postagem acima? Comunique-nos deixando um comentário. A equipe do Porta E7 agradece.

Tecnologia do Blogger.