O fim do Windows XP


A data que a Microsoft já havia anunciado a um bom tempo infelizmente chegou: a partir de hoje (8 de abril de 2014) a empresa deixa de oferecer suporte para o Windows XP e Office 2003. Mas o que isso significa? "O seu computador continuará funcionando, mas será mais vulnerável aos vírus. Além disso, à medida que mais fabricantes de software e hardware continuam otimizando (suas ferramentas) para versões recentes do Windows, pode esperar que um maior número de aplicativos e dispositivos não funcionem com o Windows XP", explicou a Microsoft.

A partir de 9 de abril, os usuários que permanecerem com o software ficarão mais expostos a ataques, já que não serão mais lançadas atualizações de segurança, correções de erros ou melhorias de conteúdo técnico para o Windows XP.

Lançado em agosto de 2001, o Windows XP foi um dos maiores sucessos da empresa de Bill Gates, foi um "avanço para empresas e consumidores, rapidamente se tornou uma das versões mais populares do Windows" diz Marco Manuello, responsável pela estratégia do Windows no setor público.

Esta iniciativa da Microsoft tem como objetivo fazer com que os usuários migrem para as versões mais novas do sistema: o Windows 7 e Windows 8.


Usuários do Windows XP, o que devem fazer?
As opções são claras e diretas:
- continuar com o sistema mesmo sabendo que ele estará mais vulnerável;
- atualizar sua máquina para os Windows Vista, 7 ou 8;
- abandonar o Windows e ir para um sistema baseado em Linux (as versões mais recomendadas são o "Ubuntu" e o "Linux Mint", sendo que esta última toda muito bem em máquinas e com pouca potência).

Dê uma pesquisada na internet e veja qual destas opções melhor lhe servirá.

Nenhum comentário

Encontrou algum erro na postagem acima? Comunique-nos deixando um comentário. A equipe do Porta E7 agradece.

Tecnologia do Blogger.