Análise da 3ª temporada da série The Walking Dead


Mostrando Lori em um estado mais avançado de gravidez, a terceira temporada de The Walking Dead começa meses após os acontecimentos da segunda, quando Rick e o grupo de sobreviventes tiveram que abandonar a fazenda de Hershel, após uma horda invadir o local. Depois de muito andar, o grupo chega até uma prisão e acredita que ali pode ser um local seguro para viver. Fazendo um extermínio dos zumbis que estavam no local, Hershel é mordido no tornozelo e Rick se vê obrigado a cortar parte de sua perna para evitar que ele morra.

Explorando a nova morada, o grupo descobre que havia mais pessoas vivas presas no local. Enquanto Rick, Daryl e T-Dog limpam uma cela separada para que os detentos possam viver. Boa parte dos prisioneiros são mortos e os que restaram passam a viver na cela separada, mas logo passam a integrar o grupo de Rick.

Uma invasão inesperada de zumbis acontece no presídio, no exato momento em que Lori entra em trabalho de parto. A mulher de Rick é auxiliada por Maggie e Carl, que vão para uma parte isolada da prisão. Lori implora para que Maggie realize uma cesariana de emergência para salvar seu bebê, fato este que provoca a sua morte. Carl é forçado a matar a mãe para evitar sua reanimação. Após superarem a morte de Lori, Carl e Rick dão ao bebê o nome de Judith.

Em paralelo a isto, um novo grupo de sobreviventes é apresentado, liderado por um homem conhecido como Governador. Eles vivem na cidade de Woodbury, um local aparentemente seguro. Durante o desenrolar da temporada, Michonne e Andrea são levadas para o local. Andrea reencontra Merle (o irmão mais velho de Daryl que foi deixado por Rick algemado no topo de uma loja de Atlanta, ainda na primeira temporada). Merle também se refugiou na cidade e é um dos capangas de confiança do Governador. Michonne não se identifica com o lugar, muito menos com a figura do Governador e decide partir, enquanto Andrea decide ficar em Woodbury.

Quando o Governador toma conhecimento do grupo de sobreviventes na prisão, ele decide atacar o local. Andrea descobre que é o grupo de Rick que está na prisão e tenta realizar um encontro amistoso entre Rick e o Governador. Acontece que o governador não quer saber de conversa...


Considerações finais
Seriam os zumbis os maiores perigos existentes nesse mundo pós-apocalíptico? Liderando outro grupo de sobreviventes, a figura do Governador o torna o maior antagonista da série, até então. Apesar de muito aguardado, o grande embate entre Rick e o Governador, ao que parece, ficará para a próxima temporada.

Apesar de conter várias cenas dramáticas, a terceira temporada de The Walking Dead também é a que apresenta a maior quantidade de cenas de ação. O grande destaque da temporada envolvendo os personagens principais, é a evolução de Carl. A série seguiu a mesma receita da temporada anterior: episódios de muita tensão e episódios mornos e sem muitos acontecimentos relevantes. Pelo jeito isto, infelizmente, se tornará algo padrão na produção.

Nota
★★★★☆ - 4

Nenhum comentário

Encontrou algum erro na postagem acima? Comunique-nos deixando um comentário. A equipe do Porta E7 agradece.

Tecnologia do Blogger.