Fiat confirma sucessores do Bravo e Linea para a Europa em 2016


A Fiat até tentou, mas Sergio Marchionne, CEO da FCA (Fiat Chrysler Automobile), reconheceu que a fabricante não voltará a ser uma marca de massa na Europa. Após não conseguir o sucesso esperado pela fabricante italiana, os modelos Bravo e Linea deixarão de ser fabricados e ganharão sucessores em 2016 no mercado europeu. Os veículos serão totalmente inéditos, não tendo nenhuma relação com os modelos Viaggio e Ottimo, comercializados apenas na China.

Até agora muito pouco se sabe sobre a novidade, mas espera-se que um hatchback ocupe o lugar do Bravo, e um sedã suceda o Liena. Os dois modelos serão fabricados na Turquia, mais precisamente na fábrica da parceira local Tofas, e atenderão públicos diferentes dentro do continente europeu. A plataforma utilizada será a B-Wide, a mesma já presente no Fiat 500L.


Um dos modelos concorrerá no setor de hatches médio, mas não fará frente diretamente ao VW Golf, (líder isolado da categoria), mas sim a modelos alternativos como é o caso do Citroën C4 e o Nissan Pulsar. O sedã por sua vez terá um foco especial no leste europeu, mercado que procura mais este tipo de carroceria.

Vamos aguardar e ver quais serão as próximas novidades da fabricante italiana.

Nenhum comentário

Encontrou algum erro na postagem acima? Comunique-nos deixando um comentário. A equipe do Porta E7 agradece.

Tecnologia do Blogger.