Análise da 3ª temporada da série Breaking Bad


A terceira temporada de Breaking Bad começa com os moradores da cidade de Albuquerque assustados com a catástrofe que aconteceu no último episódio da segunda temporada. Walter quer reatar com sua família, e então decide contar para Skyler que está fabricando metanfetamina. A esposa exige um divórcio formal, e passa a ter relações sexuais com seu chefe Ted. Walter está disposto a abandonar o ramo para o bem de sua família, mas ele não esperava que Gus fosse oferecê-lo US$ 3 milhões por três meses de trabalho, com direito a um laboratório de alta tecnologia e um assistente para ajudá-lo. O professor aceita a proposta de Gus e procura Saul para saber como "legalizar" todo aquele dinheiro.

Hector Salamanca manda dois sobrinhos gêmeos irem atrás de Walter e mata-lo. Hank acaba encontrando um vínculo entre Jesse e o antigo trailer que era utilizado como laboratório. Walter toma conhecimento disso e, junto com Jesse, arma um plano para se livrar do trailer. Hank chega antes no local onde a operação seria feita, mas recebe um telefone dizendo que sua esposa Marie havia sofrido um acidente de carro. Quando chega ao hospital e percebe que tudo se tratava de uma farsa, o policial fica enfurecido e vai até a casa de Jesse, onde acaba espancando-o. Esta atitude faz com que Hank perca provisoriamente seu distintivo policial.

Os gêmeos do cartel mexicano chegam a Albuquerque. Bem no momento em que iam matar Walter, um deles recebe um telefonema de Gus pedindo que eles cancelassem o plano, explicando que Walter trabalhava para ele. Gus ainda diz que o verdadeiro assassino de Tuco é Hank Schader. Com a suspensão da polícia, Hank não pode mais andar armado. O policial é surpreendido pelos irmãos gêmeos em um estacionamento, mas acaba conseguindo se safar. Gus aproveita que todos investigam os homens que tentaram matar Hank, e assassina o chefe do cartel Juan Bolsa, pondo fim na comercialização de metanfetamina na área.

Walter começa a trabalhar no seu laboratório, e a princípio, se mostra contente com o químico Gale, seu novo assistente. Ao perceber que precisa manter Jesse por perto, Walter relata sua insatisfação com Gale para Gus e consegue negociar com o chefão para que Jesse o substitua. Devido alguns acontecimentos, Gus acaba perdendo a confiança em Walt, fazendo com que Gale retorne ao laboratório junto com um homem para fiscalizar tudo o que acontece lá dentro. Gale começa a fazer perguntas quanto a fórmula e Walter logo deduz que Gus pretende matá-lo assim que ele deixar de ser útil. O professor então, junto com Jesse, traça um plano para garantir a sua sobrevivência.


Considerações finais
O final desta terceira temporada é simplesmente sensacional, não dá para ficar tranquilo até que a última cena seja revelada. Aqui podemos ver como o grande chefão Gustavo Flynn, o Gus, está longe de levantar qualquer tipo de suspeita do seu grande envolvimento no tráfico de drogas. Skyler se mostra outra pessoa nessa temporada, cansada de tantas mentiras do marido, querendo dar um novo rumo na sua vida, buscando alguém que a valorizasse. Podemos ver também que Walter já não possui mais tanto controle sobre sua vida.

O desenvolvimento da série se torna um pouco mais lento, o que não tira a grandiosidade desta temporada. Assim como na segunda temporada, o lado pessoal de cada personagem continua muito forte, vide a dificuldade de Jesse aceitar seus atos, e a tremenda insônia enfrentada por Walt no episódio "Fly" ou "A Mosca" (diga-se consciência pesada). Para finalizar, além dá grande atuação de todos os atores envolvidos na produção do seriado, Breaking Bad conseguiu provar que tudo o que acontece na série tem um motivo, nada é por acaso - roteiro até agora impecável!

Nota
★★★★★ - 5

Nenhum comentário

Encontrou algum erro na postagem acima? Comunique-nos deixando um comentário. A equipe do Porta E7 agradece.

Tecnologia do Blogger.