Sedã Fiat Aegea pode chegar aos EUA como um Chrysler


O projeto do Fiat Aegea foi desenvolvido pela divisão europeia da marca italiana para substituir o sedã Linea e o hatchback médio Bravo. Inicialmente planejado para chegar à Europa, Norte da África e Oriente Médio, o Aegea também está na mira do mercado indiano, mas deve chegar antes aos Estados Unidos.

Informações divulgadas pelo site Allpar, apontam que a FCA deve utilizar o projeto Aegea para a criação do primeiro sedã compacto da Chrysler desde a clássica linha "K" dos anos 80. O projeto vem sendo chamado de Chrysler 100, e está no plano estratégico do grupo italiano-estadunidense.

Com um tamanho menor do que o do Dodge Dart, o Chrysler 100 deve utilizar a plataforma Small US Wide, que serviu de base para o Aegea e também está presente nos modelos Fiat 500L, 500X e Jeep Renegade. O comprimento deve chegar a no máximo 4.57 m e o entre eixos deve ficar em torno de 2.64 m.

Fala-se que o Chrysler 100 deve vir motorizado com um Tigershark 2.0 ou 2.4, incluindo uma versão turbo. A produção do veículo deve ser feita na América do Norte, embora o México também seja uma opção a ser considerada pela Fiat Chrysler Automobiles (FCA).

Nenhum comentário

Encontrou algum erro na postagem acima? Comunique-nos deixando um comentário. A equipe do Porta E7 agradece.

Tecnologia do Blogger.