Site português afirma que Fiat Aegea será fabricado no Brasil


Não novidade para ninguém que o Fiat Aegea chega ao mercado europeu para substituir o sedã Linea. Além disso, dele serão derivados um hatch, que chega para substituir o Bravo (modelo que não é mais fabricado na Europa), e uma perua. Até então não havia nenhuma previsão para a chegada do carro ao Brasil, mas uma luz se ascende no final do túnel.

O site português Automonitor informou que além da Turquia, o Aegea também será fabricado no Brasil e na Índia. A fábrica da Fiat Chrysler Automobiles, em Goiana (PE), que já produz o Jeep Renegade e a picape Fiat Toro, foi apontada pela publicação como a responsável por fabricar o sedã.

Com 4.50 metros de comprimento, 1.78 m de largura, 1.48 m de altura, 2.64 m de entre-eixos e 510 litros no porta-malas, o sedã começará a ser comercializado na Europa em 2016, com o nome "Novo Tipo". Vale lembrar que "Tipo" era o nome de um famoso hatch, lançado na Itália em 1988 e vendido aqui no Brasil na década de 90. O carro terá como opções os motores 1.4 T-Jet (turbo) e 2.0 Diesel, com opções de câmbio manual ou automático.

Na Turquia, em Bursa, em parceria com a TOFAS, o Aegea será exportado para a Europa entre os anos de 2016 e 2023. O projeto inicial é que sejam produzidos 580 mil sedãs, e um somatório de 700 mil unidades entre o hatchback e a perua.

O Bravo e o Linea também serão substituídos no Brasil nos próximos anos, mas era esperado que projetos desenvolvidos pela própria Fiat Brasil tomassem o lugar dos dois veículos. Procurada, a Fiat BR desconversou o assunto afirmando que a chegada do Aegea ao Brasil "não passam de especulações".

Nenhum comentário

Encontrou algum erro na postagem acima? Comunique-nos deixando um comentário. A equipe do Porta E7 agradece.

Tecnologia do Blogger.