Análise da 6ª temporada da série The Walking Dead


Após os acontecimentos finais da quinta temporada, os sobreviventes tentam retomar a vida em Alexandria. Rick e Morgan saem para enterrar o corpo de Pete fora de Alexandria e descobrem uma grande pedreira onde existe uma enorme quantidade de zumbis presos. Os dois concluem então que a pedreira prendia boa parte dos caminhantes na área, o que manteve Alexandria seguro até hoje.

Rick então propõe um plano para que o grupo elimine todos os zumbis da pedreira antes que eles se libertem e ataquem Alexandria. O episódio inicial mescla acontecimentos do passado e presente, mostrando a preparação e a execução do plano elaborado por Rick. Quando tudo estava prestes a ser concluído, uma buzina muito alta faz com que parte do bando de zumbis se desloquem no sentido de Alexandria: era um ataque dos Wolfs (Lobos). Os sobreviventes que estavam no local enfrentem o ataque, que deixa muitos mortos no local.

Parte do grupo envolvido que estava na estrada executando o plano de "transporte" dos zumbis retorna para Alexandria para verificar o que havia acontecido no local. Rick segue com o plano e é encurralado pelos Lobos que Morgan tinha deixado escapar de Alexandria. Rick os mata, e encontra um pote de comida para bebê nos bolsos de um e deduz que eles estiveram em Alexandria.

Enquanto isso, Daryl, Sasha e Abraham terminam de levar a metade do bando de zumbis para longe de Alexandria e decidem voltar para o local. No trajeto, eles são surpreendidos por um grupo de assaltantes, fazendo com que Daryl se separar de Sasha e Abraham. Posteriormente Daryl encontra Sasha e Abraham e eles seguem rumo a Alexandria. Depois de uma cena que simulou sua morte, Glenn se encontra com Enid e os dois retornam para a zona segura de Alexandria (só para constar, Glenn ficou três episódios seguidos sem aparecer na série).

A torre de vigia, que havia sido abalada no ataque dos Lobos, despenca fazendo com que uma enorme quantidade de zumbis entre em Alexandria, fazendo todos correrem para salvar suas vidas. Em paralelo a isto, Daryl, Abraham e Sasha continuam na estrada, quando são parados por um grupo de motoqueiros: eles pegam o caminhão e as armas que estavam com os três e dizem que agora tudo pertence à Negan. Daryl acaba surpreendendo os capangas de Negan e mata todos. Tudo o que foi narrado até aqui é apresentado de uma forma muito fragmentada na produção, cabendo a quem assiste identificar os acontecimentos simultâneos da história.

Conseguindo contornar a invezão em Alexandria, Rick e Daryl saem em busca de suprimentos e remédios. Após uma pequena desavença com outro sobrevivente chamado Jesus, eles decidem leva-lo para Alexandria. No dia seguinte, ao revelar fazer parte de uma comunidade chamada Hilltop, Jesus propõe um trato a Rick: armas em troca de alimentos. Partes dos sobreviventes vão até Hilltop, onde conseguem fazer um acordo. É também em Hilltop que Rick toma conhecimento dos Salvadores, grupo liderado por Negan. De volta a Alexandria, o grupo planeja um ataque aos Salvadores, porém eles não imaginam a organização e a complexidade que grupo liderado por Negan tem.


Considerações finais
O sexto ano de The Walking Dead novamente apresenta altos e baixos. A temporada tem um início interessante, exibindo momentos do presente e do passado para mostrar o que aconteceu após o final da quinta temporada. Porém, nos capítulos seguintes, a série abusa muito de fragmentações de enredo, o que acaba sendo cansativo e repetitivo. A produção também falha ao tentar forjar a morte de Glenn para gerar suspense. Por outro lado, vemos Rick se tornando o grande líder de Alexandria e temos a oportunidade de conhecer melhor Carol, que já vinha se destacando desde a quinta temporada.

Se fossemos analisar os acontecimentos até o oitavo episódio, esta talvez seria a pior temporada de The Walking Dead. Acontece que a segunda metade da produção toma outros rumos, sendo muito bem executada. A tensão e o suspense aumentam gradativamente nos episódios finais, atingindo o ápice no décimo sexto, quando conhecemos de vez aquele que aparenta ser o maior vilão já visto na série: Negan! Podemos dizer, sem dúvidas, que este é o desfecho de maior impacto da produção. No contexto geral, a sexta temporada apresenta um saldo positivo.

Nota
★★★★☆ - 4

Nenhum comentário

Encontrou algum erro na postagem acima? Comunique-nos deixando um comentário. A equipe do Porta E7 agradece.

Tecnologia do Blogger.