No Brasil, Linea e Grand Siena ganharão um único sucessor


No ano passado a Fiat lançou na Europa o Tipo, sedã que sucedeu o Linea por lá. Para o mercado latino, incluindo o Brasil a estratégia será um pouco diferente: tanto o Linea como o Grand Siena serão substituídos por um único sedã inédito. A informação foi revelada hoje (5), quando a Fiat Chrysler Automobiles (FCA) anunciou  um investimento de US$ 500 milhões para a produção do veículo na planta de Ferreyra, na Argentina.

O novo sedã vem sendo chamado de X6S e é um irmão do projeto X6H, que dará origem a uma nova gração Punto, ou a outro carro que possa eventualmente ocupar o seu lugar. Enquanto o sedã será produzido na Argentina, é esperado que o X6H seja fabricado no Brasil, na fábrica da Fiat em Betim, Minas Gerais.

Os novos sedã e hatch serão fabricados a partir da plataforma 326, a mesma usada pelo Novo Palio, com mudanças nas dimensões, incluindo o distância entre-eixos, que foi aumentada. Tanto X6S quanto X6H terão duas opções de motores: o GSE 1.3 de 105 cv e o E.Torq 1.8 16V de 128 cv, com câmbio manual de cinco marchas ou automática de seis.

A produção do sedã começará em meados de 2017.  Serão produzidos aproximadamente 100 mil unidades por ano, sendo que 80% destas serão destinadas à exportação. O modelo não tem nenhuma relação com o novo Fiat Tipo e não se sabe nem mesmo se este será lançado no Mercosul.

"Será um carro com qualidade suficiente para ser exportado e ser um sucesso em todo o mundo.", assegura Cristiano Ratazzi, presidente da Fiat Chrysler Automobiles na Argentina. 

Nenhum comentário

Encontrou algum erro na postagem acima? Comunique-nos deixando um comentário. A equipe do Porta E7 agradece.

Tecnologia do Blogger.